Dr. Murilo Tadeu Beller
Diretor Técnico Médico
CRM 7.677
44 3264-8800
Av. D. Pedro I, 65 | Jardim Edmar | Sarandi - PR
www.redemetropolitana.org.br

INFORMATIVO

Prezado Cliente:
Este informativo tem a finalidade de esclarecer sobre o regulamento do hospital, prezando pelo bem-estar e segurança durante a estadia do paciente.

1. INTERNAMENTO

a) PARTICULAR

a.1 As diárias compreendem: O aposento, rotina de enfermagem e refeição normal para o paciente, que correspondem ao período de 24 horas;
a.2 Em caso de permanência inferior a 24 horas a cobrança será efetuada de forma proporcional;
a.3 O depósito inicial referente às despesas hospitalares, será efetuado de acordo com um prévio orçamento, o qual poderá sofrer alterações após os procedimentos necessários e ou intercorrências;
a.4 Os honorários médicos não estão inclusos na diária hospitalar, e não estão vinculados à conta final, sendo esses os valores, fornecidos pelos profissionais. A tesouraria poderá recebê-los e fazer os devidos repasses aos médicos;

b) CONVÊNIO

b.1 A internação ocorrerá em concordância com a prescrição no contrato do plano de saúde do paciente, sendo que todas as despesas sem cobertura pelo plano de saúde serão cobradas à parte, do paciente;
b.2 A internação de um paciente deve ser feita por responsabilidade de um médico cadastrado no corpo clínico do hospital e por um responsável do paciente, quando o mesmo não estiver em condições;
b.3 O paciente e responsável devem fornecer todos os documentos de identificações solicitados;
b.4 No ato da internação, o paciente e responsável devem estar cientes das diárias, taxas e despesas hospitalares;
b.5 O hospital não se responsabiliza por objetos de valor e dinheiro deixados no aposento do paciente;
b.6 A diária hospitalar compreende um período de 24 horas inclusos o aposento, rotina de enfermagem e refeições normais para o paciente. Em convênios, alguns cobrem o valor de refeições do acompanhante.

2. REFEIÇÃO E HORÁRIOS

2.1 A refeição do paciente é servida no seu aposento, respeitando a prescrição médica e não devendo o acompanhante quebrar o determinado para que não prejudique a recuperação do paciente;
2.2 Horários: Desjejum às 8h – Almoço às 11h – Café da tarde às 14h30min – Jantar às 17h e Ceia às 20h 2.3 Após uma hora de servidas as refeições serão recolhidas as bandejas, não podendo permanecer no aposento.

3. ACOMPANHANTE

3.1 O acompanhante é um valioso contribuinte nos dias de internação do paciente, na preparação da alta e continuidade dos cuidados;
3.2 Somente pacientes menores de 18 anos de idade e com mais de 60 anos de idade, terão direitos a acompanhantes em período integral, devendo ser maior de 21 anos de idade, portar os documentos e preferencialmente ser do mesmo sexo do paciente. Obs.: Em casos excepcionais serão avaliados;
3.3 O acompanhante deve respeitar toda a orientação da equipe e as regras da organização dos serviços hospitalares;
3.4 A entrada de pertences do paciente somente é permitido enquanto do internamento e nos horários de visita, sendo: Produtos de higiene e roupas pessoais, par de chinelos, peças íntimas, toalhas de banho e de rosto;
3.5 A entrada de aparelhos eletrônicos, tais como: Televisão, ventilador e outros, deverá ser identificada na recepção para o cadastramento, autorização e o devido pagamento de uma taxa. Informações na recepção;
3.6 Proibido sentar-se e deitar-se na cama do paciente, na cama do acompanhante e na cama que estiver preparada para receber outro paciente, podendo assim, evitar o risco de infecção hospitalar;
3.7 Visando a prevenção de infecção hospitalar e disseminação de doenças, restringe-se a entrada de alimentos, travesseiro, cobertor, bebidas em geral, flores e plantas aos pacientes internados;
3.8 Não é permitido a permanência de visitantes fora do horário estebelecido pela instituição sem a devida autorização;

4. VISITA E HORÁRIOS

IMPORTANTE: Lavar as mãos e desinfectá-las com álcool gel antes e após a cada visita, contato com o paciente, manipulação de alimentos e uso do sanitário, podendo assim, evitar o risco de infecção hospitalar. Produtos disponíveis no interior do hospital.
4.1 Particular e Convênio: Das 10h as 20h, inclusive para troca de acompanhante.
O acesso à visita se faz portando o CRACHÁ DE VISITANTE. Ao sair um visitante, este devolverá o CRACHÁ para repasse ao próximo visitante. Permitido três visitantes, sendo um por vez;
4.2 SUS: Das 12h as 13h.
O acesso à visita se faz portando uma ETIQUETA ADESIVA PERSONALIZADA.
4.3 UTI Adulto: Das 10h30min as 11h, sendo permitido três pessoas. Não é permitido a entrada portando bolsa, celular e similar, câmeras fotográfica e de filmagem, carteira, calçados abertos tais como: Chinelos, rasteirinhas, botas galochas e similares. O acesso à visita se faz portando uma ETIQUETA ADESIVA PERSONALIZADA;
4.4 Não é permitido a entrada de crianças com até 12 anos de idade. As demais deverão portar documentos pessoais;
4.5 Excepcionalmente e somente autorizado pelo corpo clínico do hospital, serão efetuadas visitas fora dos horários e idades estabelecidos acima;
4.6 UTI Neonatal: Entrada dos pais: Das 10h as 16h;
Visitas: Das 20h as 21h, sendo permitido duas visitas, devidamente autorizadas pelos pais;
Troca de acompanhante: Às 07h, 12h e 19h.

5. BOLETIM DE INFORMAÇÕES DO PACIENTE POR TELEFONE (44 3264-8800)

5.1 Particular e Convênio: Das 10h as 11h
5.2 SUS: Das 10h as 11h e das 17h as 18h
5.3 UTI: Das 22h as 23h

6. NORMAS GERAIS E ORIENTAÇÕES

6.1 Não é permitido ausentar-se do aposento sem autorização e sem necessidade. Comunique a enfermagem de plantão caso houver necessidade;
6.2 Não é permitido circular pelos corredores do hospital sem autorização e visitar outros pacientes;
6.3 Não é permitido permanecer no recinto do hospital após a visita;
6.4 O paciente deverá indenizar o hospital quando: Houver falta de roupas de cama, objetos, danos causados em móveis, utensílios e demais bens pertencentes do aposento do hospital, ocupado pelo mesmo;
6.5 Não é permitido manipular equipamentos de uso hospitalar e instalados no paciente;
6.6 É vedada a interferência de acompanhantes e visitantes na conduta à assistência ao paciente e nas atividades de enfermagem do hospital, exceto em casos pertinentes;
6.7 Os serviços de enfermagem são supervisionados pela gerência de enfermagem dos quais poderão obter informações e orientações;
6.8 A direção clínica do hospital é a responsável pela coordenação dos serviços médicos;
6.9 Os pedidos do paciente à enfermagem e funcionários, somente serão liberados mediante aprovação do médico responsável ou na ausência do mesmo, pela gerência de enfermagem;
6.10 Orientamos que as roupas sujas do paciente e acompanhante, sejam retornadas para a casa dos mesmos. Não lavá-las na pia do banheiro e sob água do chuveiro, evitando assim, o risco de infecção hospitalar;
6.11 Pedimos comunicar à enfermagem de plantão ou responsável pelo setor, sobre quaisquer problemas de funcionamentos de equipamentos ou outros detalhes a serem corrigidos no aposento do paciente;
6.12 A limpeza do aposento é realizada diariamente em horário específico. Se houver necessidade de repetir a limpeza em horário extra, solicite através da enfermagem do setor;
6.13 Em caso de necessidade de realização de algum exame fora das dependências do Hospital, o transporte do paciente se dará por meio de ambulância ou veículo particular da família, acompanhado por um colaborador do hospital se necessário;
6.14 A privacidade dos outros pacientes e acompanhantes, as regras dos serviços hospitalares e as orientações da equipe da saúde, devem ser respeitadas sempre;
6.15 O hospital dispõe de uma “caixa de sugestões” na recepção, onde poderá ser depositada sua opinião sobre o atendimento, elogios e ou fazer reclamações.

7. USO DO TELEFONE - PARTICULAR E CONVÊNIO

7.1 Ligações externas serão transferidas até às 21h;
7.2 Solicitação de ligação externa para telefone fixo até às 21h;
7.3 Para ligações à cobrar, informações com a telefonista/recepção.

8. ALTA HOSPITALAR E PAGAMENTO

8.1 Quando da alta, o paciente deverá permanecer em seu aposento aguardando o fechamento de sua conta e posterior aviso, para o pagamento devido junto à tesouraria do hospital;
8.2 O aviso de alta será fornecido pela enfermagem, o qual será apresentado na recepção para a sua liberação. É necessário estar de posse de toda a sua documentação hospitalar recebida, tais como: Atestado médico, resultados de exames, encaminhamento para especialista, receita médica e outros;
8.3 Para receber a documentação acima, todas as informações do formulário de internação, deverão estar completas e corretas, sendo: Dados Cadastrais, Cartão SUS, Cartão Convênio e outros;
8.4 Não serão aceito pagamentos com cheques de terceiros. Podendo ser: Cartão de crédito, depósito na conta do hospital, cheque pessoal do paciente ou dinheiro. Sobre dúvidas, informe-se com a tesouraria;
8.5 Pacientes do SUS: Ao receber o aviso de alta, deverá apresentá-lo na recepção.

Quaisquer dúvidas, solicitar esclarecimentos ao médico ou enfermagem de plantão.
Agradecemos pela compreensão e colaboração.

Rede de Assistência à Saúde Metropolitana